9 de julho de 2015

Cócegas

Seus olhos beliscam
as gorduras que trago
na alma.

Nenhum comentário: