4 de novembro de 2015

Divisória

Amarrei as cortinas
do ego

e abri a janela
da sala de amar.


Nenhum comentário: