19 de julho de 2006

É Foda

Flávio Bustani











é sexo
é foda
é fricção
é salitre corrosivo
é mato umedecido
é mal e bem
é natureza
é vai e vem
é incerteza

é sexo
é foda
é fixação
é ação permanente
é fixamente
mente tetraplégica
folia da carne
sangria do deleite

é sexo
é foda
é fermento de bolo
é fogo de cozer pão
é sim e não
é coxa e peito
verbo mais-que-perfeito
é barba, cabelo e bigode
é satisfeito

é sexo
é foda
é verdade mentirosa
mentira carinhosa
visão desajustada
de quem não vê mais nada

é sexo
é freud.

3 comentários:

Anônimo disse...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

Anônimo disse...

I find some information here.

Thiago Kalu disse...

Simplesmente isso...Flavinho escaldou tudo nesse poema!! bola pra frente, parceiro!!