29 de julho de 2009

Lembrete de Geladeira

Thiago Kalu

Estou farto dos meus excessos,
dos passos em falso,
dos rastros que eu deixo,
das voltas no tempo,
das perdas de espaço,
do álcool, do fumo e do resto.
Enjoei das mulheres que deito,
Cansado de ouvir que não presto.

Já que o alcance da verdade
tem andado tão distante
E, o motivo da existência,
se mostrado inexistente,
De amanhã em diante, serei vivo,
Simplesmente...
Irremediavelmente pleno de felicidade.

Chega de olhares sérios

Como chagas incuráveis,

De mistérios permanentes

Para mentes permeáveis.

8 comentários:

Fernanda disse...

Bonito isso aqui, viu?
Virei sempre agora que sei o endereço...

L. Bastos disse...

Compartilho desse seu sentimento...Mas é isso...Vida louca, vida breve.

Amo.

°. Dona Joanitta .* disse...

Que a prima~vera enriqueça teu florescer ~~°
Punhadinho de infinita luz °
__ xêro na pontinha do sentir *

fabio ferreira disse...

gostei daqui!!quando der passa lá em casa www.exclamei.blogspot.com

Raiça Bomfim disse...

Chega.

~ мillє disse...

Uau! Gostei :)

fernanda barreto disse...

ô talento danado!
=)

Aline disse...

acho que vou deixar "LINDO" em todos...